segunda-feira, 19 de novembro de 2007

Dúvidas

A vida segue seus passos tropeçando nas dúvidas.
A própria certeza é uma dúvida, como saber se é mesmo tão certo?
Como ter certeza, se tudo pode mudar?

Mas não há como escapar das dúvidas,
E o que fazer senão arriscar-se a enfrentá-las?
Alguma decisão sempre é tomada.

E que dúvidas são essas,
Que dominam a cabeça,
Mas dependem do coração?

Dúvidas simples,
Que roupa uso hoje,
Ligo ou não ligo,
Durmo ou vou á academia?

Dúvidas medianas,
Estudei o suficiente,
Compro ou não compro,
Para onde viajarei no feriado?

Dúvidas difíceis,
Falo ou não a verdade,
Ele ou o outro,
Que vestibular vou fazer?

Em terra de dúvida, brotam enfim as decisões, as escolhas.
E para quem semeia bom caráter,
Não há dúvida que haverá de colher alegrias e triunfos.

Júlia Molina

Um comentário:

gugaseligman disse...
Este comentário foi removido pelo autor.